24Out
bandeiras dos EUA e da Inglaterra representando o inglês falado em cada região

Sotaques e variantes do inglês falado e influência no aprendizado

Conquistar o domínio na língua inglesa é o sonho de muitas pessoas, principalmente executivos inseridos no mercado de trabalho. Afinal, é a língua nativa de diversos países, incluindo a superpotência, Estados Unidos, e é requerido em boa parte das oportunidades de trabalho. Porém, uma dúvida comum em quem está aprendendo é: o inglês falado, com suas variações de sotaques dentre os países, é impossível de ser absorvido? A resposta é: não! O processo pode ser mais simples e eficiente do que você pensa. Acompanhe a leitura deste artigo e saiba como!

Inglês falado: como o mundo recebe o idioma?

mala de viagem com a bandeira de inglaterra e diversos pontos turísticos do país em um fundo de céu

O inglês falado, ou seja, do dia a dia, se apresenta de diferentes formas em sua pronúncia. A principal diferença é a que destaca o norte-americano e britânico. Não existe um estilo mais indicado, apenas aquele que a pessoa mais se identifica. O inglês difundido nos Estados Unidos é conhecido por ter uma pronúncia com sons mais abertos e anasalados. Por conta de uma forte cultura de entretenimento, sempre com constante crescimento, o inglês americano é o mais comum de ser estudado pelo mundo. Entretanto, ainda dentro dos Estados Unidos, muitas outras variações do sotaque são encontradas.

Na terra da Rainha, Inglaterra, o inglês falado aproxima-se a uma aparência formal e, como muitos apontam, educada. A verdade é que o sotaque britânico possui uma forte pronúncia da letra “t”, som de “a” para palavras que terminam com “er” e, quando há “r” no meio e fim, muitas vezes não é pronunciado. Assim, transparecendo uma fala mais seca, sem muitas voltas, como o norte-americano e seu som majoritariamente anasalado e esticado.

Ainda há as diferenças do inglês falado na Austrália. Por lá, mesmo com a colonização britânica, o dia a dia é, sim, diferente do que acontece na Inglaterra. Muitas palavras, possuem na fonética palavras mais anasaladas e falta de algumas letras na pronúncia. Sem esquecer, é claro, das gírias, também bem comuns de serem utilizadas nos Estados Unidos.

Diversidade cultural no aprendizado

Compreender as diferenças culturais e as riquezas que podem oferecer é essencial para o estudante de inglês. Os sotaques são diferentes e constituídos de vocabulários novos, mas, em geral, a comunicação ainda é feita de forma fluida. Se você busca se aperfeiçoar no inglês americano, britânico, australiano ou até sul-africano, o essencial é nunca fechar o leque para novos aprendizados. Afinal, com a globalização, aumenta-se também a rede de contatos. Nunca se sabe quando sua reunião, por exemplo, será com um profissional da terra da Rainha ou do Tio Sam. Atualizar-se e manter-se seguro na língua é primordial!

Inglês falado: mesma informação, palavras diferentes!

Inglês americanoInglês britânico
SoccerFootball
CentsPenny/Pence
CenterCentre
CandySweet
To callTo ring
AirplaneAeroplane
CornMaize

Aprendendo da melhor forma!

livro escrito English na capa com a imagem da bandeira da inglaterra

Entender e respeitar as diferenças é o primeiro passo para identificar qual inglês falado mais combina com suas necessidades e gostos. Independentemente da sua escolha, a Brava Training tem um profissional adequado para lhe acompanhar no aprendizado do idioma que traz destaque no mercado de trabalho.

Somos um curso de inglês para adultos com inglês para negócios, inglês in company, inglês para executivos, curso de business english e muito mais. Visite nosso blog e entre em contato para mais informações!

Compartilhe:

Posts RecentesCategoriasTags